3 roteiros de cable car em San Francisco

Por Pati Venturini

Esse é um post que já deveria ter sido escrito. Afinal já faz alguns anos que estive em San Francisco. E vira e mexe, uma das lembranças boas daquela viagem foram as viagens solo que fiz testando as linhas de cable car que a cidade oferece. Sim, testei todas! Todas as 3 🙂

powell-mason 1

Convenientemente instalada na Union Square, não foi uma tarefa difícil. Os cable cars passavam na frente do hotel, vindos da Market Street, que também ficava a algumas quadras dali. Fiz todos os passeios de manhã, evitando assim filas e superlotação.

Duas dessas linhas circulam norte-sul em direção à baía, terminando pertinho do Fisherman’s Wharf: a Powell-Mason e a Powell-Hyde. Basicamente elas sobem a ladeira até Nob Hill e Russian Hill e aí bifurcam. A Powell-Hyde (a mais turística) passa pela famosa Lombard Street e termina na Ghirardelli Square, no final do Fisherman’s Wharf, enquanto a Powell-Mason termina no meio daquela área.

Já a terceira linha, a California, circula leste-oeste, começando na Van Ness Avenue, passando por Chinatown e terminando no Financial District, a uma distância caminhável do Ferry Building Marketplace. Não é muito turística.

mapa cable car san francisco

Trata-se de um excelente meio de transporte se o dia está bonito e se você não se importa de caminhar algumas quadras para completar seus trajetos. San Francisco é uma cidade com ladeiras expressivas e vistas incríveis, seja da baía que se revela escandalosamente, seja das charmosas casas vitorianas que tornam a arquitetura da cidade tão incrível. O vento no rosto completa a experiência!

Os cable cars de San Francisco datam de 1873 e não utilizam energia elétrica. Com essa vibe vintage, claro que a procura por turistas é grande. Em alguns dias e horários as filas são inevitáveis e os espaços disputadíssimos. Para quem pretende utilizá-los da mesma forma que eu, com algumas paradas no meio do trajeto, pode ser interessante comprar um passaporte de um ou três dias.

Powell-Mason Line

O destino era o Fisherman’s Wharf, para uma caminhada matinal junto à baía. Fui ao início da linha, na Market Street, onde comprei o ticket e pude observar a manobra manual do cable car.

inicio linha powell

Dizem que a verdadeira aventura é fazer o trajeto de pé, mas meu lugar preferido é sentada na parte aberta, conferindo de pertinho as vistas e podendo fotografar tudo com mais comodidade.

powell-mason 2

powell-mason 3

E chego ao final da linha, no bairro que é conhecido por seus restaurantes e mercados de frutos do mar.

powell-mason 4

Como já tinha estado lá numa tarde bem movimentada, estranhei e adorei a calma do lugar naquele horário.

fischerman's wharf 1

fischerman's wharf 2

Passeios de manhã cedo fazem com que você se sinta um morador local. Que linda a vista de Alcatraz, a famosa ilha-prisão que já “hospedou” Al Capone.

fischerman's wharf 3

fischerman's wharf 4

Sigo em direção ao Pier 39.

fischerman's wharf 5

fischerman's wharf 6

O Pier 39 é um complexo de entretenimento com lojas, restaurantes, marina, muita vida marinha e vistas incríveis da baía, como não poderia deixar de ser.

pier 39 1

O programa clássico e obrigatório é ver o banho de sol dos leões marinhos.

pier 39 2

O visual de barcos, gaivotas e Golden Gate ao fundo fazem a alegria dos fotógrafos.

pier 39 3

pier 39 4

pier 39 5

Antes de voltar, pausa na Boudin Bakery para comprar mais sourdough bread, o pão azedinho delícia de San Francisco.

vitrine boudin bakery

Powell-Hyde Line

Dessa vez o destino era a Ghiradelli Square, o espaço da famosa marca americana de chocolates.

No trajeto, ruas tranquilas e arborizadas e lindas casas vitorianas.

powell-hyde 1

powell-hyde 2

powell-hyde 3

Essa linha passa pela Lombard Street, uma das ruas mais sinuosas do mundo. Dá para fazer uma pausa antes ou depois de chegar na baía.

lombard street 1

Naquele momento a rua estava interditada para manutenção, então havia vários turistas descendo a pé. Dali se vê a Coit Tower, à direita; trata-se de uma torre de 64 metros de altura localizada no topo do Telegraph Hill, de onde se tem uma vista 360 graus da cidade.

lombard street 2

Eu já havia descido a Lombard de carro, então aproveitei para descer a pé também e observar a rua e as casas com calma. Quando o lugar é muito turístico, às vezes esquecemos que tem gente de verdade morando no local.

lombard street 3

É bem interessante chegar ao final da ladeira e observar a sinuosidade da rua lá de baixo.

lombard street 4

Subo a ladeira, embarco e retomo o meu rumo; em seguida já se avista a baía.

powell hyde 4

powell hyde 5

E chego ao final da linha Powell-Hyde.

powell hyde 6

A uma curta caminhada dali está a Ghirardelli Square. O local, um marco na cidade, já abrigou a primeira fábrica de chocolates da marca e conta com lojinhas e restaurantes.

ghirardelli square 1

Claro que é uma excelente opção para comprar os chocolates. Os quadradinhos recheados com caramelo salgado fazem sucesso.

ghirardelli square 2

ghirardelli square 3

O espaço verde em frente à Ghirardelli Square é incrível. Ali fica o Parque Nacional Marítimo de San Francisco e, mais uma vez, podemos avistar e suspirar pela Golden Gate.

maritime national park 1

maritime national park 2

O passeio ao longo da baía é muito convidativo para caminhadas e passeios de bicicleta. Tem até prainha (gelada)!

maritime national park 3

maritime national park 4

California Line

Eu utilizei essa linha para ir até o Ferry Building Marketplace, ponto de encontro de uma Gourmet Walk que tinha contratado.

california line 1

O final da linha do bondinho é na California Street, e a mudança de cenário é evidente – casas e prédios antigos e baixos dão lugar aos prédios modernos e altíssimos do Financial District.

financial district 3

financial district 4

Sigo caminhando em direção ao Ferry Building Marketplace.

financial district 1

financial district 2

Uma caminhada curtinha. Peguei o lugar acordando, um ótimo momento.

ferry building marketplace 1

Esse é o mercado mais legal do (meu) mundo. Incrível o espaço interno, a limpeza e o charme das lojas. E a quantidade de delícias gourmet que você pode comprar lá.

ferry building marketplace 2

ferry building marketplace 3

Dali saem barcos para outras regiões da baía. A parte externa tem uma vista incrível da Bay Bridge.

bay bridge

Depois, já com o grupo da Gourmet Walk reunido, retornamos ao Financial District. Contraste de antigo com contemporâneo de encher os olhos.

financial district 5

financial district 6

financial district 7

Não voltei de cable car, já que o final da caminhada foi na Union Square, pertinho do meu hotel.

Importante lembrar que essa linha passa por Chinatown, que sem dúvidas merece uma parada e um olhar mais atento. Trata-se da maior comunidade chinesa fora da Ásia.

chinatown 1

É um mergulho em outro universo. Em alguns momentos causa até um certo desconforto, uma sensação de não ter sido convidado para a “festa”.

chinatown 2

Aliás, havia uma festa. Era a chegada do ano-novo chinês.

chinatown 3

chinatown 4

chinatown 5

chinatown 6

Um dos fatos mais surpreendentes da viagem aconteceu lá. Conheci uma senhora comerciante que nunca tinha ouvido falar do Brasil – nadinha, nem Ronaldinho nem Gisele Bundchen.

 

E então, gostou das minhas “aventuras” de cable car por San Francisco? Vale ou não vale a pena? 😉

Anúncios

Sobre Pati Venturini

Engenheira, blogger, chocolatière na Méli-Mélo Chocolat e co-autora do blog de gastronomia e viagens De Garfos e De Quartos.
Esse post foi publicado em Estados Unidos, San Francisco e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para 3 roteiros de cable car em San Francisco

  1. Sueli Villaa Boas disse:

    Delícia, delícia, delícia, Paty!
    Voltei no tempo e relembrei nossas aventuras em São Francisco.
    Pretendo voltar.
    Parabéns pelo belo post!

  2. Sueli Villaa Boas disse:

    Delícia,delícia,delícia, Paty!
    Viagei no tempo e relembrei dias maravilhosos passados nessa cidade fantástica.
    Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s