Nossa experiência no Floriano Spiess – Cozinha de Autor

Atualização de post em 24/04/17: infelizmente esse restaurante foi fechado, mas é possível conferir o novo empreendimento do chef Floriano Spiess no Viva Open Mall – Fiore Officina di Pizzas.

Por André Mazeron

Demoramos, mas enfim fomos conferir  o restaurante de um dos chefs mais badalados de Porto Alegre. Por omissão nossa nunca chegamos a ir no Le Monde Villa Lina, seu restaurante anterior, mas sua fama e também a do atual restaurante são grandes. Desnecessário dizer que a expectativa era enorme.

E lá fomos nós para a casa na Praça Japão, um dos lugares mais bacanas da cidade. A primeira impressão é das melhores possíveis: ser super bem recebido na chegada. A decoração contemporânea e ambiente agradável também nos chamou a atenção.

Ficamos devendo a foto do ambiente!

Ficamos devendo a foto do ambiente!

O atendimento na mesa também foi impecável. Poucas vezes vimos uma equipe tão bem treinada, que sabe ser simpática sem tirar o cliente para amigão se intrometendo nas conversas. É aquela coisa de saber servir com atenção. Simpatia, distância certa, atenção ao que acontece na mesa para estar lá quando o cliente precisa. Sem falar que o Chef passou em todas as mesas para dar boa noite – a importância desse gesto!

Na entrada fomos na opção mais óbvia, o recomendadíssimo camarão crocante – camarões enrolados em massa de harumaki servidos com geléia de pimenta. Wow! Nós poderíamos passar a noite toda pedindo uma porção atrás da outra.

Ah, que saudade dos camarões

Ah, que saudade dos camarões

Como prato principal, a Pati foi no robalo com ravioles de lagosta – com ovas de massagô ao molho de vinho branco, manteiga e fumê de peixe. Eu optei pelo linguado recheado com banana ao molho noisette – um molho à base de manteiga, uva passa e pimenta, com acompanhamento de mil folhas de batata e mix de folhas. Na hora, lendo a descrição do prato, me lembrei da culinária colombiana, que usa muito frutas como banana, abacate e coco junto com frutos do mar. Aliás, tem um lugar em Bogotá que serve um espetinho de camarão servido com fatia de banana verde frita e arroz com coco que é um espetáculo. Mas estou divagando.

O robalo estava simplesmente perfeito. Ponto ideal, sabor delicado e a textura incrível das ovas de peixe.

Raviolones com lagosta. Yes, please.

Robalo com ravioles de lagosta. Yes, please.

Mas o meu prato… Eu me lembrava que a descrição falava em passas de uva. Ok, eu gosto de passas de uva. Mas gente, quanta passa. Em algum lugar embaixo daquela extravagância de passa, estava o meu linguado com banana.

IMG_0617

Tudo nessa vida passa.

A batata também não foi feliz. Melhor deixar para lá. A salada, casualmente, estava deliciosa. Mas no todo, quanta distância das minhas lembranças da culinária latina.

Voltaremos lá? Certamente. Volto para comer a mesma entrada e para pedir o robalo com raviole. Vou lançar um breve olhar magoado para o linguado do cardápio, e apagar minha lembrança ruim com uma overdose de geléia de pimenta.

Maiores Informações:

Floriano Spiess Cozinha de Autor

Esse post foi publicado em Brasil, Porto Alegre e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Nossa experiência no Floriano Spiess – Cozinha de Autor

  1. Paulo Mazeron disse:

    Excelente apresentação, harmonizando na dose certa informações precisas com informalidade!!!

Deixe uma resposta para Paulo Mazeron Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s