Nossa experiência no Floriano Spiess – Cozinha de Autor

Atualização de post em 24/04/17: infelizmente esse restaurante foi fechado, mas é possível conferir o novo empreendimento do chef Floriano Spiess no Viva Open Mall – Fiore Officina di Pizzas.

Por André Mazeron

Demoramos, mas enfim fomos conferir  o restaurante de um dos chefs mais badalados de Porto Alegre. Por omissão nossa nunca chegamos a ir no Le Monde Villa Lina, seu restaurante anterior, mas sua fama e também a do atual restaurante são grandes. Desnecessário dizer que a expectativa era enorme.

E lá fomos nós para a casa na Praça Japão, um dos lugares mais bacanas da cidade. A primeira impressão é das melhores possíveis: ser super bem recebido na chegada. A decoração contemporânea e ambiente agradável também nos chamou a atenção.

Ficamos devendo a foto do ambiente!

Ficamos devendo a foto do ambiente!

O atendimento na mesa também foi impecável. Poucas vezes vimos uma equipe tão bem treinada, que sabe ser simpática sem tirar o cliente para amigão se intrometendo nas conversas. É aquela coisa de saber servir com atenção. Simpatia, distância certa, atenção ao que acontece na mesa para estar lá quando o cliente precisa. Sem falar que o Chef passou em todas as mesas para dar boa noite – a importância desse gesto!

Na entrada fomos na opção mais óbvia, o recomendadíssimo camarão crocante – camarões enrolados em massa de harumaki servidos com geléia de pimenta. Wow! Nós poderíamos passar a noite toda pedindo uma porção atrás da outra.

Ah, que saudade dos camarões

Ah, que saudade dos camarões

Como prato principal, a Pati foi no robalo com ravioles de lagosta – com ovas de massagô ao molho de vinho branco, manteiga e fumê de peixe. Eu optei pelo linguado recheado com banana ao molho noisette – um molho à base de manteiga, uva passa e pimenta, com acompanhamento de mil folhas de batata e mix de folhas. Na hora, lendo a descrição do prato, me lembrei da culinária colombiana, que usa muito frutas como banana, abacate e coco junto com frutos do mar. Aliás, tem um lugar em Bogotá que serve um espetinho de camarão servido com fatia de banana verde frita e arroz com coco que é um espetáculo. Mas estou divagando.

O robalo estava simplesmente perfeito. Ponto ideal, sabor delicado e a textura incrível das ovas de peixe.

Raviolones com lagosta. Yes, please.

Robalo com ravioles de lagosta. Yes, please.

Mas o meu prato… Eu me lembrava que a descrição falava em passas de uva. Ok, eu gosto de passas de uva. Mas gente, quanta passa. Em algum lugar embaixo daquela extravagância de passa, estava o meu linguado com banana.

IMG_0617

Tudo nessa vida passa.

A batata também não foi feliz. Melhor deixar para lá. A salada, casualmente, estava deliciosa. Mas no todo, quanta distância das minhas lembranças da culinária latina.

Voltaremos lá? Certamente. Volto para comer a mesma entrada e para pedir o robalo com raviole. Vou lançar um breve olhar magoado para o linguado do cardápio, e apagar minha lembrança ruim com uma overdose de geléia de pimenta.

Maiores Informações:

Floriano Spiess Cozinha de Autor

Anúncios
Esse post foi publicado em Brasil, Porto Alegre e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Nossa experiência no Floriano Spiess – Cozinha de Autor

  1. Paulo Mazeron disse:

    Excelente apresentação, harmonizando na dose certa informações precisas com informalidade!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s