The Muse – um hotel boutique pertinho da Times Square

No post anterior, citamos o hotel que foi a nossa escolha, e também a de Lady Gaga, para o fim de ano.

Trata-se de um 4 estrelas localizado a uma quadra da Times Square, no centro do Theatre District de Manhattan. É um empreendimento da Kimpton Hotels, o grupo pioneiro no conceito de hotéis boutique nos Estados Unidos.

Já no hall observamos a decoração sofisticada, com cores sóbrias.

Lustres gigantescos dominam o saguão e não passam despercebidos.

Os corredores que conduzem aos quartos não são nada entediantes. Gostamos da atenção dispensada a esse ambiente tão normalmente menosprezado.

A decoração mora nos detalhes. A mistura de objetos modernos com antigos é sempre bem sucedida.

Os quartos são surpreendentemente grandes para uma cidade como NY. A paleta em preto e branco ganha toques de dourado e prateado e é quebrada por algumas estampas bem escolhidas.

A cama king-size é vestida com lençóis da grife Frette, 100% algodão egípcio (os mesmos utilizados no Ritz). Luxo na hora de dormir, afinal é o mais importante quando estamos fora de casa!

Os objetos de decoração vão desde clássicos bustos gregos…

…Até posters de arte contemporânea. Gostamos dessa mistura.

         

O exemplar diário do The New York Times é garantido, bem como uma aconchegante chaise-longue aos pés da cama para desfrutar da leitura.

Nos armários uma pequena extravagância: roupões em animal-print de zebra. Os mesmos usados pelos já citados dançarinos de Lady Gaga.

TV de LCD 37″, MP3 docking-station, DVD e frigobar nervoso (daqueles que registram a compra quando se move qualquer coisa de lugar) complementam o pacote do quarto.

O banheiro é todo de mármore, um tanto old style.

A internet Wi-Fi não é gratuita, a menos que você se torne um membro do programa de fidelidade da Kimpton Hotels. Não custa nada e é claro que vale a pena!

O café da manhã é… somente café. Se você é descolado o suficiente vai procurar a Starbucks ou a Le Pain Quotidien mais próxima, evidentemente! Ou também pode optar por pagar à parte a refeição no NIOS, o bar/lounge/restaurante anexo ao hotel. A parte bar/lounge está sempre movimentada e é um lugar perfeito para aquele drink no final do dia (ou início da noite, afinal estamos em NY); até showzinho de jazz presenciamos por ali. Não testamos o restaurante, mas parece ser uma opção interessante (entre tantas nessa cidade).

E não poderíamos deixar de citar os banheiros junto ao hall principal. Simplesmente os mais incríveis que já vimos.

Cada porta tem um sentimento gravado e a decoração interna acompanha a idéia. Irresistível, tem que abrir todas e se deixar surpreender.

Glam

Glam

Passion

Passion

Rebel

Rebel

Outros serviços que não testamos devido à nossa correria turística, foram o Fitness Center e o In-Room Spa (uma massagem “a domicílio” não iria nada mal).

O atendimento é correto. Há serviço de concierge para auxiliar no que for preciso; nós, viajantes independentes que somos, só precisamos de ajuda com um transfer de última hora para o nosso Off Broadway em Chelsea. Funcionou perfeitamente. As reservas de restaurantes fizemos com antecedência e por conta própria pelo excelente site Open Table.

Nós gostamos bastante e voltaríamos com certeza. A avaliação deste hotel no Tripadvisor também é excelente. Recomendamos especialmente para uma primeira visita a Nova Iorque ou para quem não abre mão da comodidade de estar pertinho de tudo que acontece em Midtown, a parte mais vibrante de Manhattan. Dá para ir a pé nos shows da Broadway e está a uma curta corrida de táxi de Greenwich Village e Meatpacking District, as melhores regiões de restaurantes da cidade.

Por enquanto, este hotel possui um ponto negativo: é vizinho da construção de um Hyatt. Felizmente o barulho só nos incomodou por uma manhã, pois iniciava o feriado de final de ano. Mas é bom certificar-se de não ficar com um quarto voltado para essa construção, pois ali o batente começa cedo e é ensurdecedor, apesar das janelas com isolamento acústico. Que termine logo!

Maiores Informações:

The Muse Hotel

Kimpton Hotels

NIOS Restaurant

Reviews – Tripadvisor

Preços e Reservas – Booking

Anúncios

Sobre Pati Venturini

Engenheira, blogger, chocolatière na Méli-Mélo Chocolat e co-autora do blog de gastronomia e viagens De Garfos e De Quartos.
Esse post foi publicado em Estados Unidos, Nova Iorque e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para The Muse – um hotel boutique pertinho da Times Square

  1. Pingback: Aventuras e desventuras de um Reveillon na Times Square | De Garfos e de Quartos

  2. João Branco disse:

    Descobri hoje o blog de vocês e adorei. Fui em 2010 para NY e me hospedei no Muse. Achei fantástico. Lindo. A cama é de arrasar! No check in, disse que estávamos lá para comemorarmos 10 anos de casados. Como não estava no horário de entrada, fomos passear. Ao entrarmos no quarto, nos deparamos com uma garrafa de vinho, chocolates e um bilhete escrito à mão. Adorei! Sempre indico este hotel. Mesmo não sendo barato, vale o insvestimento!

    • João
      Muito obrigada, adorei que você curtiu o blog! Adorei mais ainda o seu depoimento, obrigada por compartilhar essa experiência! Acho realmente muito simpático quando o hotel mostra esse tipo de preocupação com os hóspedes, um gesto que gera um grande impacto e encanta o cliente. Agora fiquei ainda mais fã do The Muse…
      Abraço e volte sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s