Los Angeles: mais do que Hollywood

Com apenas um dia livre em LA, o que fazer? Esta é uma dúvida frequente dos viajantes de negócio, que tentam encaixar um pouco de turismo entre um e outro compromisso de trabalho. Segue aqui um relato de como eu e um colega optamos por usar nosso domingo livre, e mais algumas dicas variadas de LA.

Em primeiro lugar, só existe uma forma de se locomover em LA: carro. A cidade é toda pensada para circulação de automóveis, as atrações ficam a quilômetros umas das outras, e nem sempre é fácil conseguir um táxi. Alugue um carro antes da viagem para retirada já no aeroporto, e tudo será mais tranquilo.

No nosso caso, com apenas um dia disponível, resolvemos circular com um pouco mais de estilo, optando por um carro da linha Adrenaline Collection da Hertz, com os legítimos muscle cars americanos. O escolhido foi o Camaro SS, que mesmo com seus 400 HPs, é facilmente controlável na cidade. Atenção, o carro está listado como sendo de 4 passageiros, mas no banco de trás só cabem crianças pequenas. E esqueça grandes volumes de bagagem.

Camaro

Camaro SS - 400 HP de diversão

A locação por 24 horas, incluindo todos os seguros disponíveis e o GPS, saiu por US$ 355,59. Caso você não esteja familiarizado com locação de veículo pelo site, lembre-se que o valor do site é sempre o valor básico, e você ainda terá impostos, taxas, etc., o que duplicam o valor final. Ainda assim, foi mais barato, confortável e divertido do que ir de taxi. Só a corrida entre LAX e o centro da cidade sai em média US$ 50.

 Santa Monica

A primeira parada foi no píer de Santa Monica, a oeste da cidade. O píer possui uma série de pequenas lojas e restaurantes, e também um mini parque de diversões. E como curiosidade, marca o exato final da famosa Route 66. Chegamos cedo, e com isto pegamos o local bem tranquilo. Espere bastante movimento nos finais de semana. A praia de Santa Monica é bonita, com parques na parte alta que terminam em penhascos na areia. Vale a visita? Até que vale, mas não é marcante.

Pescaria, cafés, roda-gigante. Tem de tudo!

Ao lado do pier, uma organização de veteranos contra a guerra mantém uma instalação com cruzes na areia, uma para cada soldado americano morto no Iraque e no Afeganistão. Uma triste lembrança do impacto destes conflitos. É impossível ficar indiferente.

 

Veterans for Peace

Beverly Hills

Na minha opinião, Beverly Hills é um dos poucos locais de LA que faz jus à fama. Ruas limpíssimas, casas e mansões com gramados impecáveis, carros de luxo pelas ruas, tudo parecendo cenário de algum filme. A caminho de Rodeo Drive, optamos por desviar da rota do GPS e vagar pelas ruas de Beverly Hills respirando aquele aroma de dólares.

Uma opção para quem está sem carro é contratar um city tour. Eu fiz isto na primeira vez em LA, e não me arrependi. Um motorista/guia divertido e com bastante conhecimento, que vai apontando marcos famosos pelo caminho, como as mansões de celebridades e bilionários.

Rodeo Drive é a representante de LA das grandes ruas de comércio de luxo, como a Madison em NY, Montagne em Paris e Via Condotti em Roma. A diferença é que, em uma cidade que vive dos holofotes, Rodeo Drive é um local para quem não é celebridade ir lá tentar espiar alguma. Ou então ver o desfile interminável de Ferraris, Maserattis, Aston Martins e Lamborghinis que trafegam por lá. Rodeo Drive tem um “puxadinho”, aberto só para pedestres, chamada Via Rodeo, com mais lojas e algumas opções de restaurante.

Via Rodeo

Almoçamos no McCormick & Schmick’s na Via Rodeo, restaurante de grelhados e frutos do mar. Apesar da localização, tem preços adequados e boa comida. A opção foi ostras frescas (US$15) e linguini de frutos do mar (US$ 19).

Linguini do McCormik & Schmick's

Perto dali, seguindo pela Santa Monica Boulevard, você encontra o Westfield Century City, um shopping com Macy’s, Bloomingdale’s, e a primeira Microsoft Store de LA, a resposta às Apple Stores.

Visual bacaninha da Microsoft Store

Hollywood

Fonte das minhas maiores implicâncias com LA, Hollywood é visita obrigatória. Pense nela como um imposto compulsório que os turistas de primeira viagem em LA tem que pagar. A massa de turistas se espreme entre artistas de rua fantasiados de personagens de filme ou celebridades, em frente às lojas de souvenirs de péssimo gosto. Mas fazer o quê, já que estamos lá, vamos ver as pegadas dos famosos no cimento do Teatro Chinês, e ver nomes conhecidos nas estrelas da Calçada da Fama.

Teatro Chinês

Ah, mas Gramado também tem isso!

Para fugir do calor e dos turistas, um milkshake no shopping ao lado, cuja decoração é inspirada nos cenários monumentais do filme mudo “Intolerância”, de 1916. O filme foi a produção mais cara até então, e fracassou nas bilheterias, levando a produtora à falência. Escolha curiosa para quem fica ao lado do local da cerimônia do Oscar.

Fracasso de bilheteria em 1916

Sucesso de público em 2011

Dos fundos do shopping é possível avistar de longe o famoso letreiro de Hollywood. Originalmente uma propaganda do empreendimento “Hollywoodland” de 1923, com o tempo foi adotado pela cidade, perdeu as últimas letras e entrou para a história, ganhando espaço nos filmes e nas páginas policiais (em 1936, a atriz Peg Entwistle suicidou-se pulando do topo da letra “H”).

LA Live

Ao lado do Los Angeles Convention Center e do ginásio Staples Center, o LA Live é um complexo de entretenimento com bares, cinemas, restaurantes, hotéis. Não deixe de conferir o site deles para ver a agenda de shows no Nokia Theatre.

LA Live

Como estava em um evento no Convention Center ao lado, tive a oportunidade de ir em alguns dos restaurantes de lá:

  • Rock’n’Fish – Grelhados, com ênfase em frutos do mar. Peça o steak com molho de soja e abacaxi.
  • Katsuya – Restaurante japonês agradável e estiloso. Boa comida, porções pequenas.
  • ESPN Zone – Hamburgers como somente os americanos sabem fazer.

Uma pausa nos hamburgers

Parques – Para quem tem mais tempo

LA possui um Universal Studios ao norte da cidade. Não estive lá, mas quem foi disse que não chega aos pés da Universal de Orlando. Olhando apenas pelo tamanho do parque, tendo a concordar com a opinião.

Em Anahein, ao sudeste da cidade, você encontra os parques da Disney, a Disneyland e a Disney California Aventure. Assim como a Universal, são versões reduzidas dos parques de Orlando, mas se você não pretende ir a Orlando mas quer conhecer a experiência dos parques, vale o passeio. Já estive lá em outra viagem. Boa parte das atrações são as mesmas dos parques de Orlando. Fora de temporada e sem filas, dois dias serão suficientes para conhecer os dois.

Uma opção com mais adrenalina é Six Flags Magic Mountain, ao norte de Los Angeles, com 18 (isto mesmo dezoito) montanhas russas para todos os gostos. O parque em si não é tão bonito quanto os da Disney ou Universal, mas as montanhas são espetaculares. Indispensável ir de carro.

Anúncios

Sobre Pati Venturini

Engenheira, blogger, chocolatière na Méli-Mélo Chocolat e co-autora do blog de gastronomia e viagens De Garfos e De Quartos.
Esse post foi publicado em Estados Unidos, Los Angeles e marcado , . Guardar link permanente.

4 respostas para Los Angeles: mais do que Hollywood

  1. Ernani disse:

    Parabéns pelo Blog, lendo informações como estas é que nos previne de cairmos numa furada!
    Continuem postando suas viagens é um enorme prazer de ler.

  2. Gabriela disse:

    MUITO BOM O BLOG.
    ESTOU INDO PARA LOS ANGELES EM NOVEMBRO, E JA ALUGUEI UM CARRO PARA PODER PASSEAR POR TD, MAIS QUERIA UM CARRO CONVERSÍVEL E ESTOU TENDO DIFICULDADE EM ENCONTRAR…

    Gabriela

    • Oi Gabriela, que bom que você gostou do blog. Eu costumo usar a Hertz, e eles tem várias opções de conversíveis. Nunca são as opções mais baratas, mas a Califórnia merece. Uma dica: Faça a reserva pelo telefone, ligando para a Hertz aqui do Brasil. Eles conseguem tarifas melhores do que as do site.

      Aproveite a viagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s