Deixando Paris para Trás – 3 Lugares Imperdíveis no Interior da França

Quando o assunto é a França, nosso coração bate mais forte. Não conhecemos o país inteiro, quem dera, mas é um objetivo que temos. A tarefa não é fácil, pois são inúmeras as atrações para quem consegue se aventurar além das fronteiras da cidade mais linda do mundo. Sim, pois não é nada fácil abrir mão de mais alguns dias em Paris para conhecer outros lugares. Quem já foi para lá tem cartão fidelidade e sabe do que estamos falando! :)

As cidades do interior da França são deliciosas. Grandes centros à parte, as cidades menores são muito tranquilas, limpas e com preços mais abordáveis. A grande maioria tem pouquíssimos habitantes. A arquitetura em geral é mais simples mas harmoniosa, ornada por flores. O povo é simpático, ainda que se fale menos ou quase nada o inglês. A gastronomia segue inabalável. Para chegar até lá, uma muitíssima bem servida malha de trens, TGVs (os trens de alta velocidade) e estradas em ótimas condições.

Muitos nos perguntam sobre o que é imperdível na França, além de Paris. Não somos autoridade no assunto, mas podemos falar do que conhecemos, e não é à toa que esses destinos foram priorizados em nossas viagens. E o melhor de tudo: podem ser encaixados numa viagem à Paris sem comprometer muito a agenda.

Mont St Michel – silhueta memorável

A silhueta dessa ilha rochosa e fortificada, com uma abadia imponente construída no seu topo e a estátua do Arcanjo Miguel colocada no ponto mais alto, é bastante conhecida. Pudera, este lugar que é Patrimônio da Unesco e uma das mais visitadas atrações da França, é simplesmente mágico. Ainda mais quando a maré alta invade seu contorno, deixando a ilha ligada ao continente somente por um istmo (istmo!). De quebra, durante o trajeto, é possível conhecer algumas das encantadoras cidades da Normandia.

Vale do Loire – a maior concentração de castelos da França

Os mais de 300 castelos e toda a história que carregam são, sem dúvida, a grande atração deste vale. Mas o Vale do Loire é muito mais que isso: uma região linda, arborizada, de estradas perfeitas para dirigir, tranquilos vilarejos, muitos vinhos e deliciosa gastronomia. Ou, em suma, um destino charmoso e romântico.

Château de Versailles – todo o poder da Realeza

Todo o poder e glória da realeza francesa ainda respiram nesse que é o château mais exuberante da França. Quando passeamos pelos seus inúmeros e belíssimos jardins, quase podemos ver os vultos dos personagens do passado passarem bem ao nosso lado. O mesmo acontece quando chegamos aos domínios de Maria Antonieta e nos deparamos com o seu universo particular tão bem preservado.

É sobre esses lugares espetaculares que vamos falar nos próximos posts. Esperamos que quem nunca foi lá sinta-se inspirado e quem já conhece possa viajar nas lembranças novamente.

Enquanto isso, delicie-se com estes outros passeios memoráveis, já publicados aqui no blog. Muito perto de Paris e totalmente valem a viagem!

Giverny – Os Jardins de Monet

Château Vaux le Vicomte – O Castelo que Inspirou Versailles

Sobre Pati Venturini

Engenheira, blogger, chocolatière na Méli-Mélo Chocolat e co-autora do blog de gastronomia e viagens De Garfos e De Quartos.
Esse post foi publicado em França e marcado , . Guardar link permanente.

18 respostas para Deixando Paris para Trás – 3 Lugares Imperdíveis no Interior da França

  1. Ilma Madureira disse:

    Ótimas dicas. Na próxima quero conhecer o Château Vaux le Vicomte..
    Obrigada

  2. Sueli OVB disse:

    Aguardarei esses lindos posts!
    Mas digo a você que sempre fiz bate-volta quando estou em Paris, todos os lugares me encantaram e não me arrependi, mesmo quando fizemos a loucura de ir até Avignon e Aix-en-Provence em um só dia. Valeu muito!
    Beijos

    • Nossa, Sueli!
      Bate-volta Paris-Provence? Essa é puxada, hein? Rsrsrs! Mas tudo vale a pena quando se está afim, não é mesmo? E tenho certeza que vocês voltaram (ou voltarão) depois para ver tudo com mais calma…
      Bj
      Pati

  3. Oi Pati!!!
    Adoro a França e adoro Paris!
    Sair de carro pelo interior da França é, sem dúvida, uma viagem memorável!!!
    Certa vez alugamos um carro em Paris e seguimos para o Vale do Loire, Carcassone, Provence e encerramos na Riveira Francesa. Foram 3 semanas perfeitas!!!
    Ficamos hospedados em um castelo no Vale do Loire, passeamos de balão, provamos uvas no pé na Provence, andamos de Ferrari em Nice e ainda ficamos hospedados na casa de franceses super gentis (chambre d´hôtes).
    Não vejo a hora de ler os seus posts para relembrar aqueles bons momentos!!
    Bjs, Anna

    • Anna querida!
      Acho que vou te convidar para escrever os próximos posts, rsrsrs!
      Tivemos algumas experiências no interior da França mas nada comparado à essa verdadeira imersão que vocês fizeram! Deve ter sido delicioso! Vou dar uma espiada nos teus posts sobre o assunto, mas primeiro verei os do Japão – estou curiosíssima pra saber como foi! ;)
      Bj
      Pati

  4. Cinira Verani disse:

    oI Patricia gostei muito do seu blog e como você gosto de saborear as cidades pequenas . Somos um casal de sessentões que quer fazer uma viagem a Paris (5 dias) e gostaria muito que você me orientasse que roteiro faríamos para ir a Giverny e Normandia. Pretendemos passar 15 dias ! grata Cinira

    • andremazeron disse:

      Oi Cinira, obrigado pela visita!

      Infelizmente não montamos roteiros, isto é uma questão muito pessoal, mas podemos passar algumas dicas que achamos úteis. Talvez você devesse pensar em mais dias para Paris, há muito o que fazer na cidade. Em 5 dias você vai conseguir fazer os passeios mais tradicionais, mas com pouco tempo para apreciar com calma ou para sair do roteiro mais turístico. Giverny é um passeio que dá para fazer no mesmo dia, saindo e voltando de Paris de trem ou excursão. Mas se vocês pretendem ir para a Normandia e tem planos de fazer isto de carro (recomendamos!), Giverny pode ser uma parada no caminho.

      Nós gostamos muito de Bayeux, que paramos por acaso e mal conseguimos conhecer. Seria legal um tempo lá para conhecer a cidade com calma, talvez dormir lá até, se no mesmo dia vocês tivessem ido para Giverny. E a partir de Bayeux, o acesso às praias do Dia D é muito fácil. Nós achamos obrigatório passar uma noite no Mont Saint Michel, em um dos hotéis intramuros, mas é um local que requer pouco tempo para conhecer. Digamos 1 dia e meio, e já está visto.

      Nós mencionamos as cidades que conhecemos, mas há muito mais para se ver na região. Pesquise também Saint Malo e Honfleur.

      Abraço,

      André e Pati

  5. Rosana BArbieri disse:

    boa tarde, vou alugar um carro e ir de Paris ao vale do loire, onde vou ficar por 3 dia. De lá vou para Provence, mas não direto, alguém pode me esclarecer qual a melhor rota e uma cidade para ficar e descansar uma noite antes de seguir viagem?
    grata

  6. Fernanda disse:

    Paris é tudo de bom!
    Para mim, 2007 foi o ano dos sonhos. Estive em Carcassone, Belzier, Toulousse,Marseille…e dois meses em Paris. Até hoje, tudo me vem a lembrança, é enigmático!

  7. Eliane disse:

    Adorei o Ístimo! Alguém aqui era fã ou é, de Tangos e Tragédias?
    Adorei a matéria, vamos visitar la este ano, nos outros nunca da tempo de ir. Mas este vamos!

  8. ando disse:

    OLÁ GENTE!
    Estive em Paris somente em escala no avião sem poder sair, então não posso dizer que pisei em solo parisiense. Porém gostaria de poder visitá-la antes de morrer. Há mais de 27 anos atrás estive em LION e essa cidade me lembrava um pouco a Itália onde estava morando há um ano nessa época. Antes havia morado 10 meses na SUIÇA e amei o povo hospitaleiro de lá (tirando o sujeito que eu pensava ser o amor da minha vida). Se eu arranjasse um marido suíço, voltaria a morar lá pro resto da minha vida!
    Agora moro em UNAMAR, em Cabo Frio-RJ e não tenho nem namorado ou seja estou sozinha, aos 60 anos, porém faço faculdade e estou no segundo ano de Administração de Empresas (penso em encurtar essa faculdade para RH-Recursos Humanos, que leva menos tempo e quem sabe buscar realizar o meu sonho de voltar a morar na SUIÇA).Os meus colegas de faculdade dizem que não pereço ter 60 anos porque sou proativa e de aparência bem mais jovem também.

  9. ando disse:

    Hello!
    Meu comentário aguarda moderação?
    Eu estou aguardando um namorado há mais de 16 anos em UNAMAR-Cabo Frio e nada acontece!
    Desculpe-me, posso parecer desesperada, não é bem por aí, mas avida aqui parece estagnada, sem a menor chance de mudança e eu já estou quase deixando a faculdade e me mudando pra outro país, desde que não seja esse lugar onde vim parar sem analisar onde estava posando.

  10. Lainha disse:

    Pretendo conhecer Giverny, alguns castelos do Vale do Loire e Mont de Saint Michel. Nesse lugares ficarei 5 noites, com carro alugado. Qual a melhor sequencia para começar esses roteiros ? Irei de Paris para o que for melhor primeiro de trem e só lá alugarei o carro. Vou pernoitar nesses destinos. Depois voltarei para Paris de trem. O que me sugere. Desde já agradeço

    • Oi Lainha
      Nós fizemos esses três destinos em viagens diferentes. Giverny é bem pertinho de Paris mas é bem pequeno, não sei como seria alugar carro por lá. Melhor seria consultar um mapa para tomar essa decisão.
      Abraço,
      Pati

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s